Bem vindo

Na imensidão do Oceano Atlântico, milhões de imigrantes europeus expulsos de seus países pela falta de perspectiva, traçaram planos e imaginavam como seria a vida no país que tem nome de árvore de madeira vermelha. No balançar incessante das ondas, italianos, ALEMÃES, POLONESES e austríacos, para citar os mais numerosos, sofriam com a despedida definitiva de suas famílias. Depois do navio zarpar tudo era novo. Muitos morriam durante a travessia, e seus túmulos eram o próprio oceano atlântico. No final do século XIX, chegava ao Brasil nossos descendentes das famílias Hafemann, Kazmierski, Prawucki e Cisz. A partir de Blumenau, foram encaminhadas para as terras onde hoje está localizado o município de Massaranduba, que assim como o Brasil, empresta o nome de uma árvore. No interior de Massaranduba, em Braço do Norte, a maioria das famílias eram descendentes de poloneses e as escolas ensinavam este idioma como o principal. Os descendentes de alemães que possuíam algum dinheiro pagavam aulas particulares de alemão, outros aprendiam o próprio polonês ou nem iam a escola (caso de nossos antepassados da família Hafemann).

Este site foi criado com a intenção de homenagear os antepassados que desbravaram nossa terra e prepararam nosso presente. Contém material sobre a colonização do município de Massaranduba-SC (material cada vez mais escasso) e também divulgação da nossa cidade. O foco principal são das famílias de minha árvore genealógica (Hafemann, Kazmierski/Kasmirski, Prawutzki/Prawucki e Cisz). Se tiveres histórias, fotos ou outros documentos, favor compartilhe para que as futuras gerações tenham a oportunidade de conhecer um pouco da nossa história e poder saber do sofrimento que nossos antepassados tiveram para deixar o mundo que vivemos hoje. Um agradecimento especial ao meu pai Ambrosio Hafemann pela dedicação à nossa pesquisa.

Foto0096

As imagens podem ter direitos autorais. Enviar feedback para Anaías José Hafemann anaias_jose@yahoo.com.br

A história devidamente preservada…
Esse é o túmulo do primeiro casal Hafemann de Massaranduba-SC.
Está no cemitério da Igreja do Braço do Norte.
Agradeço ao meu pai Ambrósio, ao Sr. Valdemiro Hafemann e ao Tio David Hafemann pela ajuda nesta empleitada.
Venha fazer uma visita e conhecer um pouco da nossa história. Tragam flores para o dia de Finados, eles merecem!
http://hafemann.com.br/site/historia-dos-hafemann/

Julius e Sofia Hafemann

Acompanhe tambem a carreira do nosso craque Filipe Luis Kasmirski, em http://hafemann.com.br/site/filipe-luis-kasmirski/

Translate »